Meu Perfil
BRASIL, Norte, MANAUS, MONTE DAS OLIVEIRAS, Homem, de 20 a 25 anos, Portuguese, Música, Livros



Histórico


    Categorias
    Todas as mensagens
     poemas
     Cartas de Amor


    Votação
     Dê uma nota para meu blog


    Outros sites
     Para ser grande, sê inteiro - Klenicy
     Mi Casa, Su Casa - Bia
     Blog da Bia
     A toca do mocho velho, por José
     Maga Patalógica - por Renata Leite
     Blog do Alex
     Gavetas e Janelas
     Inquietacoes
     Mentiras Históricas - por Cláudia
     Sensível Desafio
     Stalingrado 2 - rafael
     Olhos de ver a vida
     Aprender a Cidadania
     Na Cafeteria
     Zeca Camargo
     O Poço e a Mola
     Prestenção!
     Rumor de Anjos - Blog da Laysa
     Stalingrado III
     Blog da Neila
     Jornal das pequenas coisas
     Blog da Line
     Blog da Maylaa


     
    Experimentando-me


    Impossível

    Biquini Cavadão

    Tudo bem
    Quando termina bem
    Os seus olhos
    E os seus olhos
    Não estão rasos d'água
    Mas eu sei que no coração
    Ficaram muitas palavras
    Um vocabulário inteiro
    De ilusão...

    Tudo que viceja
    Também pode agonizar
    E perder seu brilho
    Em poucas semanas
    E não podemos evitar
    Que a vida trabalhe
    Com o seu relógio invisível
    Tirando o tempo de tudo
    Que é perecível...

    Oh, oh, oh!
    É impossível, é impossível
    Esquecer você
    É impossível
    Esquecer o que vivi
    É impossível
    Esquecer, o que senti...

    Tudo que morre
    Fica vivo na lembrança
    Como é difícil viver
    Carregando um cemitério na cabeça
    Mas antes que eu me esqueça
    Antes que tudo se acabe
    Eu preciso
    Eu preciso, dizer a verdade...

    É impossível, é impossível
    Esquecer você
    É impossível
    Esquecer o que vivi
    É impossível
    Esquecer, o que senti...
    É impossível...

     ***

    Sem mais palavras...



    Escrito por carlos às 12h12
    [] [envie esta mensagem] [ ]




    [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]